sexta-feira, 17 de dezembro de 2010



Last Night

caTSFicámos à frente da televisão, já não sei se a ver um filme, se a jogar um jogo. Mas adormeceste no sofá ao meu lado, e tive de com carinho te roubar da ronha e levar para o quarto comigo, enquanto protestavas com birra de sono. Fingiste que querias dormir, mas agarrei-te e beijámo-nos e… fizemos amor um com o outro. Com carinho, com paixão, com entrega, uma fusão de corpos e de espíritos, um prazer profundo e único, uma comunhão que me preencheu total e absolutamente e me deixou... feliz.

Adormecemos juntos, agarrados, a respirar no teu pescoço, junto ao teu calor, corpo com corpo, quase só uma pessoa, poucas coisas poderiam ser tão especiais como estes momentos. Se a vida fosse sempre assim todo o planeta seria um sítio muito mais feliz.

E esta foi a nossa última noite juntos.



5 comentários:

  1. ps- isto é uma prequela espiritual deste texto:

    http://funkytree.blogspot.com/2010/12/maldito-orgulho.html

    ResponderEliminar
  2. Continuas a encantar com as palavras, João. xxx

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pelo comentário, Lara. Infelizmente, isso não parece valer de nada.

    ResponderEliminar
  4. O meu comentário ou as tuas palavras? Mau!

    ResponderEliminar

Arquivo do blogue